apoio

A propósito da eleição na PGR, Roberto Gurgel também não manifestou apoio a nenhum dos candidatos que querem sucede-lo no comando do Ministério Público.

Depois do mensalão, das brigas com Fernando Collor e da denúncia contra Renan Calheiros, Gurgel tem sido franco:

– Ninguém pediu meu apoio e, na atual situação, meu apoio só prejudicaria um candidato.

Por Lauro Jardim
http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/